Arquivo de junho, 2013

blogar

 

 

Que verbo mais louco,

que vida virtual…

num blog ou blogue , a pequena derivação de diário ou blogger

a vida segue com mais ou menos fôlego na conjugação do verbo blogar.

Milhões de diários,

de histórias e estórias,

poemas, versos, políticas, amores,

lutas, guerras, fomes e vitórias,

um estoque absurdo,

uma biblioteca de Alexandria, de Roma,

cabendo nos TERABYTES dos provedores da rede mundial.

Eita,

blogar se aprende apanhando,

chorando,

sorrindo,

em todas as formas de todos os imperfeitos lugares de se conjugar a vida,

blogar se aprende teclando, na mão,

no papel,

nos rabiscos das canas homéricas em papéis de pão,

em todas as esquinas que o olhar alcança,

blogar se aprende errando

e muito…

 

Anúncios