Arquivo de março, 2017

JOÃO TÁ INDO…

Publicado: 28/03/2017 em Poesia
  • Para João Carlos:

  • Passou mesmo como um cometa de sorrisos e frases inspiradas. Passou mesmo como um bom músico que havia acabado de lançar banda e CD na praça.
    Passou como o cara que sabia que não se deve brigar em lugar nenhum dessa vida e muito menos nas arenas virtuais da vida.
    Encontrei João nos últimos dez anos apenas duas vezes.
    Os outros encontros se deram no Fusca, o blog que nos reuniu durante alguns poucos anos mas que deu uma liga danada.
    Depois o Fusca enguiçou e viemos para o facebook onde nossas pelejas adentraram para política e outras cositas más.
    João era o cara que me suportava com toda a minha ira e minha desinteligência emocional.
    O amigo que partiu tinhas asas escondidas no coração.
    Sua coluna Sábado Som virou livro e João continuou voando e alçando suas conquistas.
    Outro livro e mais outro e CD e músicas e banda e a vida nos levando vertiginosamente.
    Hoje acordei com meu filho Daniel me informando da notícia triste de que João partira.
    João era um concerto nordestino desses que o sol teima em queimar e que resiste até as maiores intempéries.
    João era um tributo vivo à Paul McCartney que ele chamava de Macca em singela parceria e absoluta verdade. João era profundo conhecedor dos Beatles e sabia como poucos sobre Paul.
    João na verdade tá indo num gerúndio infinito e eterno.
    Ele não nos abandonou à toa porque tem muito amor aqui na Terra. Amor que ele plantou, semeou e deixou como florestas inteiras.
    João era uma floresta de amigos. Um cara plural.
    Nada nele era singular e está fazendo uma falta imensa, dessas que você passa a tarde entre não saber se vai ao velório ou fica escutando música para lembrar mais do amigo.
    Uma saudade dessas que só João saberia definir.
    Eu me calo diante da sua maestria com as palavras.
    Espero que o mano Arsênio o tenha recebido e agora estejam batendo aquele Clássico dos Clássicos com muita viola, cigarros e música.
    Que o Criador de tudo que há o tenha recebido com um coral de anjos e muita muita estória para ouvir o João contar.
    Até breve irmão passarinho.
    Nos encontramos num átimo de uma nota musical.

Duda Brama.

Anúncios