Mamãe mamãe não chore…

Publicado: 13/01/2013 em Domingos - Crônicas

mamaecoragem

Eu me lembro sempre da música do Ave Sangria onde em determinado ponto da letra a poesia de Marco Polo apontava:

– minha casa é o reino do mal o meu pai é um animal, minha mãe há muito que enlouqueceu, só resta eu com a minha faca e a minha Nau…

Era comum as gerações que viraram os anos 60, entrarem nos anos 70 com o peso do chumbo nas costas e com suas famílias destroçadas.

Eu mesmo e a torcida do framengo inteiro conhece alguém que sobreviveu a esses núcleos enlouquecedores e estão por aí, vivos e redivivos.

No bairro onde me criei, não precisei sobreviver a este tipo de núcleo pois tive muita sorte.

Não sei se mereço.

Mas foi assim.

Minha família despertava inveja da grande família Maia, tido como modelo de acerto e perfeição.Choviam tijoladas e mais tijoladas de ácidas críticas.

Tudo porque tínhamos um quantum de normalidade que não invalidava as nossas loucuras, pelo contrário, cada um era respeitado mas tinha limite.

Isso fez a diferença.

Somos seis e estamos bem.

Agora somos cinco no regaço meu e de Ana e os meninos  começam a voar para o controle das suas vidas.

Agora estamos com uma saudade de Daniel que nem sei dizer.

Mas ele está com um sorriso tranquilo,

uma paz que continua,

sua marca registrada.

Está com seu violão,

com o seu coração grande e bonito

e estamos aqui com ele sempre.

Passei aqui neste domingo chuvoso para lembrar a Ana e as meninas: Gabi e Bella que o bom está apenas começando para ele e elas.

Daniel vai passar pela melhor aventura que um estudante pode ter na vida e que graças a Deus pudemos lhe oferecer:

Intercâmbio, no que a palavra tem de mais honesta e decente.

Lá na França ele vai aprender e muito o que a vida tem lhe reservado de  bom, de desafios, de dificuldades, de superação.

E mais uma vez, como diriam os gênios bahianos: mamãe mamãe não chore…

Anúncios
comentários
  1. Daniel Calabria disse:

    Muito bonito pai, por coincidência ao abrir o post estava com meu violão, que confesso que está sendo um ótimo porto seguro, quando sinto saudades eu pego o bichano e começo a tocar, tive um pequeno acidente com uma das unhas que voou no pau ao pegar a mala, mas o som continua bonito e a saudade é grande, mas lyon é massa, hoje eu almocei um pão com uma garrafa da água, mas não foi pra economizar não ahahahaha, foi por outra coisa que eu falo no skype, beijão pai, beijos em todo mundo aí.

  2. Beijão filhote, oh coisa boa, que saudade linda. Vai com tudo . Vai com tudo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s