SÁBADO SOM. POR JOÃO CARLOS DE MENDONÇA.

Publicado: 30/06/2012 em Poesia

JI M I    H E N D R I X


A verdade é que 11 entre 10 guitarristas da melhor estirpe louvam-no.

Grandes maestros e estudiosos o exaltam, e com razão. Longe das tecnologias do momento, Hendrix conseguia fazer-nos ouvir sons, timbres jamais escutados antes, apenas munido com sua Fender Stratocaster, um pedal de distorção/wah-wah e o uso frenético da alavanca.

O suficiente para criar solos e introduções matadores e pegajosos (ele não era muito de “riffs”). Todos conhecem Jimi Hendrix mas poucos o ouvem,ao menos,como merece. Isto porque quase não se comenta sobre a voz poderosa,forte e cheia de atitude dele, assim como esquecem do genial compositor que era. Tão criativo que suas versões para canções de outros artistas ganhavam arranjos que, em geral, suplantavam o original. Basta ouvir Hey Joe, ou mesmo All Along The Watchtower de Bob Dylan, considerada a melhor “cover” da história.

Nascido em Seattle em 1942, sabe-se lá porque, seu pai mudou seu nome,quando ainda criança, de Johnny Allen Hendrix para JAMES MARSHALL HENDRIX, presenteando-o com uma guitarra aos 17 anos. Canhoto, inverteu as cordas do instrumento e começou a transformar a guitarra elétrica em “protagonista”, ao menos no rock and roll.

Zanzou pelos EUA, tocando com vários grupos, juntamente com seu amigo BILLY COX, até impressionar ninguém menos que Little Richard que, o incorporou à sua banda. Imagine essas duas feras juntas ? Dizem que as performances eram eletrizantes e incendiárias (há registros), mas enciumado , Richard inventou uma desculpa esfarrapada para rifá-lo do conjunto. Nessas alturas, Jimi chamou a atenção de CHAS CHANDLER, baixista do THE ANIMALS, que o levou para Londres. E ele foi,com a condição de conhecer ERIC CLAPTON, que obviamente virou fã incondicional. Afinal,tudo em Jimi era inédito. O fato é que com Cox e Mitch Mitchell nas baquetas, estava formada a JIMI HENDRIX EXPERIENCE e por conseguinte 3 singles que ganharam o mundo: Hey Joe, Purple Haze e The Wind Cries Mary que juntamente com os álbuns ARE YOU EXPERIENCED ? e AXIS: BOLD AS LOVE já nasceram clássicos imprescindíveis em 67.

Todavia, com muitas cartas na manga, no início de 68 lançou Eletric Ladyland. Esse material naturalmente levou-o ao estrelato, às mãos de Brian Epstein e às históricas apresentações em Londres e nos “festivais” ,como o MONTERREY POP e WOODSTOCK. Há vários registros dessas apresentações, porém precários. Se em estúdio, Jimi “dobrava” suas guitarras, deixando as canções “redondas”, ao vivo, baixo,bateria e guitarra não faziam jus ao seu som,ao menos para os desavisados de agora. Sem contar a pobre captação sonora de então. E não foi por outra coisa que o gênio resolveu refazer a banda, acrescentando mais um guitarrista, percussionistas, passando à chamar-se Band Of Gypsys ( não seria “gypsies ?).

Logo adiante retomou o velho nome (Experience), lançou em 70 o disco The First Ray Of The Rising Sun, depois rebatizado como Cry Of Love. Hendrix era uma lenda viva, uma referência em meio à todo aquele oceano de talentos que brotavam nos anos 60, quando foi encontrado desfalecido por paramédicos num hotel de Londres,acabou morrendo à caminho do hospital vitimado por uma “overdose” (tranqüilizantes ? LSD ? outras tantas ?). Aquilo surpreendeu e assustou o mundo. Clapton alega que entrou em depressão… mesmo!

Daquela época para cá, baterista de respeito usa um kit Ludwig, marca retirada do nome Ludwig Van Beethoven, assim como hoje em dia ninguém abre mão dos amplificadores da marca MARSHALL . E Seattle não é a terra do “grunge”! Duvida ? Basta visitá-la !!!

Anúncios
comentários
  1. João Carlos disse:

  2. andregustavo disse:

    Ei,brodas!!Tô saindo agora,volto final da tarde,esse SS eu não posso deixar de participar!!Até logo!

  3. andregustavo disse:

    Pois é,o cabra também faria 70 em 2012,tal e qual Macca.Pense num ano produtivo esse tal de 1942?Hendrix é daqueles que tenho sempre à mão para ouvir,seja no celular,no carro,em casa,onde for,carrego comigo.Escutar Eletric Ladyland 2.459 vezes como já fiz me fez um “aviciado”na obra dele.Bora tocar fogo no SS:

  4. andregustavo disse:

    Recriando a perfeição:

  5. andregustavo disse:

    #éafraca:

  6. andregustavo disse:

    Maravilha:

  7. andregustavo disse:

    Oia:

  8. andregustavo disse:

    Eita,John,vê que fake essa jam:

  9. andregustavo disse:

    Hendrix encerrou Woodstock.Poucos viram mas esses poucos estão salvos.Salvos da medicridade das Ivetes Sangalos da vida.Eles presenciaram um gênio ao vivo,em seus ultimos meses de vida.:

  10. andregustavo disse:

    Hey Joe agora em cores.Letra perfeita e interpretação idem.Muitos regravaram essa canção,mas ninguém a eternizou como James Marshall Hendrix:

  11. andregustavo disse:

    Pense numa canção febrenta da febe….:

  12. andregustavo disse:

    Dylan é um dos maiores letristas da história da música pop(e com certeza,o pior cantor).Essa Hendrix reiventou também:

  13. andregustavo disse:

    Outra maravilha de Robert Zimmerman:

  14. andregustavo disse:

    Imagem nota dez nesse video:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s