Arquivo de 17/02/2012

RECADO PARA A COLOMBINA

 

( de um Pierrot apaixonado…….pelo Carnaval )

 

Tenho uma coisa para lhe dizer

Sei que você gosta de outro

Mas a vida é bela

 

Seja como for

Vou pra casa de Noca

Tomar umas e outras

Me segura senão eu caio no passo

 

Ah, confete pedacinho colorido de saudade,

Saudade que me trouxe pelo braço

Eu daqui não saio, eu não vou embora

Até a quarta-feira ingrata

A gente brinca esquecendo a dor

 

Um diabo louro faiscou na minha frente

( E minha mãe sem nora…)

Eu não digo não porque faz mal ao coração

Mas aquele beijo foi um beijo de vampira

 

Ainda bem que a nossa vida é um Carnaval !

 

 

Edgar Mattos

Anúncios