O Sucesso.

Publicado: 20/12/2011 em ESPIRITUALIDADE

 

Rir muito e com frequência; ganhar o respeito de pessoas inteligentes e o afeto das crianças; merecer a consideração de críticos honestos e suportar a traição de falsos amigos; apreciar a beleza, encontrar o melhor nos outros; deixar o mundo um pouco melhor, seja por uma saudável criança, um canteiro de jardim ou uma redimida condição social; saber que ao menos uma vida respirou mais fácil porque você viveu. Isso é ter tido sucesso.

Ralph Waldo Emerson

Anúncios
comentários
  1. EDGAR MATTOS disse:

    Extraordinária definição de Sucesso. Que me mostra – pretensiosamente – que me falta, de todos, certamente o mais difícil desses requisitos: “suportar a traição de falsos amgos” ; ( que, só depois que trairam, se revelaram falsos..) . Isso, para mim, é insuportável. Não consigo me acostumar à traição.

  2. Magna disse:

    Ô, meu querido amigo Edgar, ninguém se acostuma à traição. Porém tenho fé que um dia alcançaremos a compreensão para não nos abalarmos mais com a “cegueira” alheia.
    Até lá que cada golpe seja uma lição para que nosso espírito cresça e amadureça, se embeleze, melhor dizendo.
    Que sejemos sim, fiéis a nós, aos valores que acreditamos. Quanto aos outros…cada qual com seu cada qual…e da colheita ninguém escapa, porque a plantação um dia foi feita.
    Abração fraterno!
    E sucesso sempre!
    Magna

  3. EDGAR MATTOS disse:

    É essa inesgotável Sabedoria, minha cara Magna, que faz de você, sem dúvida, uma PESSOA DE SUCESSO ! Favorecido pela convivência com você espero um dia – quem sabe aos 100 anos ? – alcançar esse nivel de maturidade. Enquanto isso, espírito atrasado, vou me esforçando por assimilar suas lições. Sua amizade representa para nós um conforto e um estímulo.

  4. Magna disse:

    Edgar, não me coloque nesta altura, pois sofro de vertigem.
    Como você e os demais, estou na estrada, tentando. Observe que falei na primeira pessoa do plural. Ai de mim! Deus é muito muito bom por nos (me) dar condições de falar o que mais precisamos (preciso) praticar.
    Daqui a 100 anos, se Deus quiser, estaremos juntos com esse nível de maturidade que tanto me custa. Enquanto isso, sigamos ajudando-nos mutuamente ou, simplesmente, lembrando-nos – uns aos outros – o que já sabemos, mas teimamos em esquecer, quando a dor vem.
    Obrigada por tudo.
    Abração.
    Magna

  5. João Carlos disse:

    Dai o ditado: Deus me guarde dos amigos.Dos inimigos eu cuido! KKKKKKK!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s