Aqui é o meu lugar…

Publicado: 21/09/2010 em Poesia

Qualquer uma dessas cadeiras é do Fusca. Grandes demais, mas são do Fusca.

Cabem os 33 leitores. Porque o tamanho é o do coração.

Aqui eu faço, copio e colo (sem roubar direito autorais de ninguém), mando ver. Todos mandam ver. Enviam eu coloco na hora. Ou quase.

Não censuro, não modero. Para quê? Se todos são pessoas de reputação ilibada? Amantes do belo, da poesia, da música. Cidadãos acima de qualquer suspeita.

Por aqui nunca apareceu um aloprado anônimo. Sorte minha.

Um blogue é isso. Pode ser um blogue sujo (esse talvez seja), pode ser um local de encontro. Uma praça onde a gente puxe os banquinhos e bata um dominó legal.

Uma viola com os amigos : Arsênio, João Carlos, André Gustavo, Osvaldo, Felipe Holder, Clávio, Edgar Mattos, Carlos Maia, Tadeu Rocha, O Negão Leandro, Carlos Henrique (sumido) e mais alguns tão importantes tanto quanto e imensos também.

De vez em quando teimo em sair por aí comentando no blog do Torcedor, no Acerto de Contas, no Tijolaço, no Conversa Afiada, e outros tantos. No blog do Roberto. Onde tudo começou.

E só.

Mas o bom mesmo é a gente comentar no terraço da nossa casa. Olhando para a rua, a brisa soprando e a gente de cabeça erguida.

Fica a lição ao retornar para casa.

Se por acaso virem a ler algum comentário meu na blogosfera podem acreditar: é fake. Nâo sou eu.

Eu estou aqui. Mais vivo do que morto, mais aceso do que nunca, contundente e poético, luz e sombras, amor e ódio.

Porque o caminho do meio é para Buda. A sabedoria de Buda serviu para ele e só.

O meu caminho é esse. Torto. Enviezado.

Mas a última briga de rua que eu participei eu era um moleque imberbe.

Agora que a barba branqueia junto com os cabelos, agora que os filhos vão começando a tomar as rédeas da sua vida, agora que o meu casamento começa a se tornar mais os dois e para os dois e os filhos conquistam o mundo. Eu tenho de ficar em casa.

Sair só se for para ler, ler, reler. Comentar jamais.

Vergonha na cara dr. Adalberto me deu, junto com dona Celeste.

E pela higiene da blogosfera, um brigão feito eu tem mais é de ficar amarrado na sua jaula.

Como diria Leminski: senão  esse filho da puta do Domingos vai fazer chover na nossa festa…

PS – Esta crônica é real. Os fatos são reais. Nada há de ficção aqui. Meu amado clube Náutico é um puteiro, lá dentro não tem um que preste. Quem quiser que me processe. E os políticos que lá estão, já deviam estar acostumados a levar porrada, pois tem a cara de pau, usam óleo de peroba de manhã, de tarde e de noite. Aqui, graças a Deus só o Óleo ungido na Santa Missa.

comentários
  1. João Carlos disse:

    Domingos,na verdade houveram alguns comentários em tom de baixaria ginasiana além de carregados de termos chulos e peremptoriamentes acusatórios (fulano é ladrão,viado…coisas do tipo) que culminaram com o protesto do EDGAR. Roberto deu um freio de arrumação.Tenho absoluta certeza que nem Edgar nem Roberto estavam pensando em você nem no Julinho que,são contundentes mas sabem manter o nível o que,aliás,dá muito mais credibilidade as críticas.
    PS: O CNC não é um puteiro.Se o fosse já seria até um bom motivo para frequenta-lo,presupondo que na Red Light sempre tem mulheres.Talvez seja uma “sauna” ou um gabinete da Casa Civil!

  2. A palavra puteiro tem vários significados para mim. Para nós meu nobre amigo John. Puteiro é desordem, falta de transparência, brigas de grupinhos de alcoviteiras, puteiro para mim é isso. Pode ser Congresso, Casa Civil, Demo, Pmdb, Pt, PSDB. Também concordo. Mas, Osvaldo se retratou. E não vi em lugar algum briga de rua. De forma alguma. Alguns se exaltaram e foram Newton Morais, que não sei quem é, nunca vi mais gordo e Newton Pinheiro. Esses ficaram preservados. Agora compare a biografia de um Osvaldo com a do ofendido Gustavo Krause. Um é um homem, um professor decente, um pai de família. O outro é um político. Precisa ofender de forma mais educada?

  3. osvaldo soares neto disse:

    Domingos, obrigado por tudo, so sinto do episodio, de ter escrito, pois uma pessoa que tenho um carinho enorme, que tenho admiração, o Professor Edgar, entendeu diferente, mais minha estima e admiração por ele está acima de qualquer coisa Ele comentando, baixo minha cabeça. Confesso que sou impulsivo, não aguento certas coisas e mim prejudica muito, pois aqui mesmo em Palmas, dizem, puxa Osvaldo, tu era pra ser o secetrario, ter um cargo melhor, mais tu reclama e fala muito. Olha se for para ter cargos importante e não puder ser EU, não quero, não preciso. Apesar de ter uma admiração grande pelo prefeito e sec. da educação de palmas e serem diferentes dos demais, temos uma educação, ha vista as passadas com muitas vitorias, conquistas. Vou mim comedir nos comentarios la no Blog do Roberto, por que tenho um grande carinho, alias, vou comentar pouco. Em tempo, conheço o tal Krause ha muito tempo, conheço pessoalmente e sei do seu trabalho politico ai em PE e como dirigente do nautico, escreve muito bem, mais…… deixa pra la. Um abração. Li o comentario do Carlos Henrique, sobre ser nautico desde criança, tenho Luccas de 11 que é nautico e Lorenzo que nasce em Novembro, quando fui a PE, a primeira coisa que comprei foi um conjunto do nautico, vou tirar a foto e mando para ti.

  4. João Carlos disse:

    Pois é Domingão.Confesso que não me liguei em “quem” fez os comentários.Fui lendo no vapt-vupt e só me deti no fim com os protestos do Edgar.Mas mesmo assim não voltei para reler. Só depois,já noutro post foi que li o OSVALDO se retratando.Mas como você bem disse a turma deixou cair. E eu sei que nem você nem o Julinho usariam “daqueles” argumentos.Aliás,vocês botam prá ferver mas com muito mais classe.
    PS: O mestre EDGAR e outros concordaram comigo!

  5. É isso Osvaldo. Todos lhe querem bem. Você é quase uma unanimidade para a gente não contrariar Nelson Rodrigues. Se não teríamos dois quase unânimes queridos por todos: você e Edgar Mattos. Tesouros que guardamos do lado esquerdo do peito.

  6. Felipe Holder disse:

    Eu nem vou dizer nada a respeito porque não sei direito o que foi que houve lá no blog de Roberto. Já peguei o bonde andando e não tive paciência pra ler todos os comentários. Mas uma coisa é certa: no critério de certa gente que gosta de massa cheirosa, teu blog é sujinho, sujinho. Mas não liga, porque tu é limpinho e a gente também. Hehehe…

  7. Tadeu Rocha disse:

    Domingos,

    Antes mesmo desse post, visitei o blog do Roberto, li os comentários e não entendi aquela censura. Achei exagero. Sou contra quem critica por trás do anonimato. Mas se a pessoa se cadastra, coloca seu email , nome e tdo o mais, não há motivo pra tantos melindres. Na tentativa de agradar gregos e troianos, reina a hipocrisia. Prefiro o fusca. Aqui podemos ser sinceros (sincero=sem cera).
    Impagável o comentário que JC fez depois: “Concordo em gênero,número e grau.Do primeiro ao quinto. Mas que aqueles tais de fulano e beltrano são ladrões são…e Sicrano também.”

    Tadeu Rocha

  8. Também concordo com nosso Johnny caro poeta Tadeu Rocha. Por isso que a gente termina ficando em casa. Lógico que no seu blog e no de Carlos a coisa é diferente. Estamos em casa também. Mas o resto, obviamente, você entendeu. Abração meu velho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s