Lembra dessa? by João Carlos.

Publicado: 29/05/2010 em Poesia
Anúncios
comentários
  1. andre gustavo disse:

    Rapaz,JC foi no fundo do baú.Das antigas mesmo.Do tempo que videoclip era só a banda tocando e duas cameras filmando.Como diz um amigo:”um CRÁSSICO!”É, estou ficando velho.Velho demais pro Rock and Roll.E jovem demais para morrer.Como dizia a velha banda,que eu mando com a letra e tradução.
    PS: Esse negocio de velho pro Rock é só migué,hehehe:

    Too Old To Rock ‘n’ Roll: Too Young To Die
    The old Rocker wore his hair too long,
    wore his trouser cuffs too tight.
    Unfashionable to the end — drank his ale too light.
    Death’s head belt buckle — yesterday’s dreams —
    the transport caf’ prophet of doom.
    Ringing no change in his double-sewn seams
    in his post-war-babe gloom.

    Now he’s too old to Rock’n’Roll but he’s too young to die.

    He once owned a Harley Davidson and a Triumph Bonneville.
    Counted his friends in burned-out spark plugs
    and prays that he always will.
    But he’s the last of the blue blood greaser boys
    all of his mates are doing time:
    married with three kids up by the ring road
    sold their souls straight down the line.
    And some of them own little sports cars
    and meet at the tennis club do’s.
    For drinks on a Sunday — work on Monday.
    They’ve thrown away their blue suede shoes.

    Now they’re too old to Rock’n’Roll and they’re too young to die.

    So the old Rocker gets out his bike
    to make a ton before he takes his leave.
    Up on the A1 by Scotch Corner
    just like it used to be.
    And as he flies — tears in his eyes —
    his wind-whipped words echo the final take
    and he hits the trunk road doing around 120
    with no room left to brake.

    And he was too old to Rock’n’Roll but he was too young to die.
    No, you’re never too old to Rock’n’Roll if you’re too young to die.

    Muito Velho Para o Rock’n’roll: Muito Novo Para Morrer
    O velho roqueiro usava seus cabelos longos demais.
    Usava as bainhas da calça muito apertadas.
    Fora de moda até o fim, bebia cerveja excessivamente light.
    Cinto com fivela de caveira, sonhos de ontem.
    Um profeta do apocalipse de cafés de beira de estrada.
    Sem anunciar mudanças em suas costuras duplas.
    Em seu brilho de filhinho de papai do pós-guerra.

    Agora ele está velho demais para o Rock’n’Roll, mas está jovem demais para morrer.

    Uma vez ele teve uma Harley-Davidson e uma Triumph Bonneville.
    E contava seus amigos em velas de motor queimadas
    e reza para que ele continue contando.
    Mas ele é o último dos garotos subornadores de sangue azul.
    Todos os seus companheiros estão cumprindo pena:
    Casado, com três filhos por aí pelo anel rodoviário.
    No fim das contas, venderam suas almas.
    E alguns deles têm carros esportes
    E se encontram no clube de tênis.
    Para beber no domingo – trabalhar na segunda-feira.
    Eles jogaram fora seus sapatos de camurça azul**

    Agora está velho demais para o Rock’n’Roll e velho demais para morrer.

    Então o velho roqueiro traz para fora a sua motocicleta
    Para completar mil quilômetros antes de se aposentar
    Na A1, perto de Scotch Corner
    como costumava ser
    E enquanto ele voa, lágrimas nos olhos,
    suas palavras espalhadas pelo limpador de pára-brisas ecoam o ato final
    e ele atinge a auto-estrada a quase 120
    sem espaço para frear

    E ele era velho demais para o Rock’n’Roll, mas ele era jovem demais para morrer.
    Não, você nunca é velho demais para o Rock’n’Roll se é jovem demais para morrer.

  2. andre gustavo disse:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s